domingo, 13 de dezembro de 2009

"O que a memória ama, fica eterno. Te amo com a memória, imperecível."
Adélia Prado

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Para ser grande, sê inteiro.


Parabéns para ela: ADORO!!!

Saudade

Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos
convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...


Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca
amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:

não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

(Pablo Neruda, Poeta chileno)

terça-feira, 13 de outubro de 2009

"O coração é sempre verdadeiro, não diz senão o que sentiu; e o sentimento, qualquer que ele seja, tem a sua beleza".

José de Alencar

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre, Fazei que eu procure mais
Consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois, é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

A Primeira Vez Que Entendi

A primeira vez que entendi do mundo
alguma coisa
foi quando na infância
cortei o rabo de uma lagartixa
e ele continuou se mexendo.

De lá pra cá
fui percebendo que as coisas permanecem
vivas e tortas
que o amor não acaba assim
que é difícil extirpar o mal pela raiz.

A segunda vez que entendi do mundo
alguma coisa
foi quando na adolescência me arrancaram
do lado esquerdo três certezas
e eu tive que seguir em frente.

De lá pra cá
aprendi a achar no escuro o rumo
e sou capaz de decifrar mensagens
seja nas nuvens
ou no grafite de qualquer muro.

(Affonso Romano de Sant'Anna)

domingo, 27 de setembro de 2009

Calorias?

O que são Calorias?

"Calorias são pequenos vermes, inescrupulosos, que vivem nos guarda-roupas e que, durante a noite, apertam as roupas das pessoas."


SEMPRE DESCONFIEI QUE FOSSE ISSO ...

sábado, 26 de setembro de 2009

Gatos


Os gatos curtem o mau humor quietinhos, na cama.
Não ficam bufando alto e batendo portas para mostrar como estão infelizes.
Livro: Quanto mais entendo os homens, mais eu gosto do meu gato.
Autora: Daisy Hay
Publifolha

domingo, 20 de setembro de 2009

Neruda

Ao escolher com sabedoria viver sua vida com otimismo, seu coração sorri, seus olhos brilham e a humanidade agradece por você existir.
Pablo Neruda - Poeta Chileno

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Clarice

Aliás eu não queria mais escrever. Escrevo agora porque estou precisando de dinheiro.
Eu queria ficar कालड़ा (...) Há um grande silêncio dentro de mim.
Clarice Lispector - livro Uma aprendizagem ou o livro dos prazeres

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Meus Votos

"Eu espero que você tenha um belo amanhecer
e que amanhecendo, você desperte sorrindo...
e que sorrindo, você siga o seu caminho
a sua jornada de trabalho,
contagiando todos a sua volta...

Que seu anjo da guarda sempre lhe acompanhe
e faça a sua luz ser mais brilhante...
essa luz que tantas vezes já iluminou o meu astral...

Quero que a sua saúde, em momento algum
te deixe na mão
nem um mal estar, nem um nada.
pode atrapalhar o seu BOM DIA...

Espero por fim que ao fim do dia
antes do seu repouso
vc ainda tenha ânimo para ler
toda essa mensagem de novo...
porque eu lhe desejo um bom dia,
amanhã, depois e sempre!"

Desconheço o autor

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Branquim


Ele era um cãozinho super alegre.
O meu irmão resgatou-o da rua. Lembro como se fosse hoje.
Branquim e seus irmãozinhos estavam abandonados em uma caixa de papelão naquele cantinho escuro da rua. Como pode alguém dizer não para criaturinhas tão meigas?
O meu irmão e sua esposa adotaram o Branquim e cuidaram dele com tanto carinho que o bichinho portador de zilhões de pulgas e carrapatos sobreviveu.
Foram quase 5 anos de alegrias e peraltices.
Branquim estava sempre ao lado de seu companheiro Tico. Dupla brincalhona e esperta!
Hoje recebi a notícia que o Branquim partiu.
Uma doença devastadora tomou conta de seu sangue e reduziu-lhe a alegria.
Tenho comigo que ele partiu para ser novamente alegre e fazer feliz lá no céu.
E que a gente ainda vai se encontrar um dia.
Ele vai nos esperar quando cruzarmos a linha do arcoíris.
E lá estarão Branquim, Dino, Jack, Rick, Duque, Edmundo e Olívia.
Juntos brincaremos de roda e pega-pega.
Lambeijos para nosso amigo Branquim, em qualquer parte do céu em que ele estiver.

quinta-feira, 11 de junho de 2009

domingo, 10 de maio de 2009

Feliz dia das Mães!!!

Mãe
Mãe...São três letras apenas
As desse nome bendito:
Também o céu tem três letras
E nelas cabe o infinito

Para louvar a nossa mãe,
Todo bem que se disser
Nunca há de ser tão grande
Como o bem que ela nos quer

Palavra tão pequenina,
Bem sabem os lábios meus
Que és do tamanho do CÉU
E apenas menor que Deus!

Mário Quintana

terça-feira, 21 de abril de 2009

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Dewey - Um Gato entre livros - Vichi Miron


Este livre é muito lindo!
Emociona, arrepia, cutuca o nosso amor incondicional pelos gatos, faz tremer, sorrir, chorar de alegria e tristeza.
Dewey é lindo, meigo, fofo,brincalhão, responsável, teimoso, senhor de si, de sua dona, de seu lugar, mas com muito amor, carinho e respeito.
Um grande companheiro...como os nossos gatinhos.
Não deixem de ler esse livro.
Bom carnaval para nós!
By Gateira Capricorniana.

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Escutatória - Rubem Alves


Eles sim; os felinos sabem bem o que é observar, escutar, inspirar e por isso mesmo se permitem amar e serem amados.

Escutatória - Rubem Alves

Sempre vejo anunciados cursos de oratória. Nunca vi anunciado curso de escutatória.

Todo mundo quer aprender a falar... Ninguém quer aprender a ouvir.

Pensei em oferecer um curso de escutatória, mas acho que ninguém vai se matricular.

Escutar é complicado e sutil.

Diz Alberto Caeiro que... Não é bastante não ser cego para ver as árvores e as flores.

É preciso também não ter filosofia nenhuma.

Filosofia é um monte de idéias, dentro da cabeça, sobre como são as coisas.

Para se ver, é preciso que a cabeça esteja vazia.

Parafraseio o Alberto Caeiro:

Não é bastante ter ouvidos para ouvir o que é dito.

É preciso também que haja silêncio dentro da alma.

Daí a dificuldade:

A gente não agüenta ouvir o que o outro diz sem logo dar um palpite melhor...

Sem misturar o que ele diz com aquilo que a gente tem a dizer.

Como se aquilo que ele diz não fosse digno de descansada consideração...

E precisasse ser complementado por aquilo que a gente tem a dizer, que é muito melhor.

Nossa incapacidade de ouvir é a manifestação mais constante e sutil de nossa arrogância e vaidade.

No fundo, somos os mais bonitos...

Tenho um velho amigo, Jovelino, que se mudou para os Estados Unidos estimulado pela revolução de 64.

Contou-me de sua experiência com os índios: Reunidos os participantes, ninguém fala.

Há um longo, longo silêncio.

Vejam a semelhança...

Os pianistas, por exemplo, antes de iniciar o concerto, diante do piano, ficam assentados em silêncio...


Abrindo vazios de silêncio... Expulsando todas as idéias estranhas.


Todos em silêncio, à espera do pensamento essencial. Aí, de repente, alguém fala.

Curto. Todos ouvem. Terminada a fala, novo silêncio.

Falar logo em seguida seria um grande desrespeito, pois o outro falou os seus pensamentos...

Pensamentos que ele julgava essenciais.

São-me estranhos. É preciso tempo para entender o que o outro falou.

Se eu falar logo a seguir... São duas as possibilidades.

Primeira: Fiquei em silêncio só por delicadeza.

Na verdade, não ouvi o que você falou.

Enquanto você falava, eu pensava nas coisas que iria falar quando você terminasse sua (tola) fala.

Falo como se você não tivesse falado.

Segunda: Ouvi o que você falou. Mas, isso que você falou como novidade eu já pensei há muito tempo.

É coisa velha para mim. Tanto que nem preciso pensar sobre o que você falou.

Em ambos os casos, estou chamando o outro de tolo. O que é pior que uma bofetada.

O longo silêncio quer dizer: Estou ponderando cuidadosamente tudo aquilo que você falou.

E, assim vai a reunião.

Não basta o silêncio de fora. É preciso silêncio dentro. Ausência de pensamentos.

E aí, quando se faz o silêncio dentro, a gente começa a ouvir coisas que não ouvia.

Eu comecei a ouvir.

Fernando Pessoa conhecia a experiência...

E, se referia a algo que se ouve nos interstícios das palavras... No lugar onde não há palavras.

A música acontece no silêncio. A alma é uma catedral submersa.

No fundo do mar - quem faz mergulho sabe - a boca fica fechada. Somos todos olhos e ouvidos.

Aí, livres dos ruídos do falatório e dos saberes da filosofia, ouvimos a melodia que não havia...

Que de tão linda nos faz chorar.

Para mim, Deus é isto: A beleza que se ouve no silêncio.

Daí a importância de saber ouvir os outros: A beleza mora lá também.

Comunhão é quando a beleza do outro e a beleza da gente se juntam num contraponto.

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Gabriel é o meu Pastor e ninguém me atacará.


"Eu sou aquele que te espera.
O teu carro tem um som especial e eu
posso reconhecê-lo entre mil.
Os teus passos tem um timbre de magia,
eles são música para meus ouvidos.
A tua voz é o sinal maior do meu
momento feliz.
E às vezes tu nem precisas falar... Eu ouço a tua
tristeza, eu sinto a tua alegria.
Como isso me faz feliz! Eu não sei o que é cheiro bom ou mal. Só sei que teu cheiro é o melhor.
De algumas presenças eu gosto. De outras, não! Mas a tua presença é a
que movimenta os meus sentidos.
Tu acordado me despertas. Dormindo és meu Deus em repouso.
E eu velo teu sono. Teu olhar é um raio de luz quando percebo teu despertar.
As tuas mãos sobre mim tem a leveza da paz.
E quando tu sais, tudo é vazio outra vez...
Eu volto a esperar
sempre e sempre. Pelo som do teu carro.
Pelos teus passos, pela tua voz.
Pelo teu estado às vezes inconstante de humor. Pelo teu cheiro.
Pelo teu sono sob minha vigília. Pelo teu olhar, pelas tuas mãos.
Eu sou feliz assim...

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009


Caetano: como é possível um ser tão lindo e inocente inspirar tanto amor e carinho assim?

"Lá está ele deitado, sonhando, ronronando e, ocasionalmente, mudando as patas de posição em um êxtase de prazer acolchoado. Parece a encarnação de todas as coisas macias, sedosas e aveludadas, uma composição sem arestas, um sonhador cuja filosofia é dormir e deixar dormir." "Saki" (Hector Hugh Munro)

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Milagres acontecem, sim!


E Deus disse: Faça a tua parte que farei a minha.
Quem disse que os milagres não acontecem, ainda não soube da última notícia:

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Gato 'ensina' cachorros a resistir a tentação



Está no Globo on line de hoje, 12/01/2009:

http://tinyurl.com/6ts3lh

Gato 'ensina' cachorros a resistir a tentação

É o que se pode chamar de "profissão de risco". O gato Leo arrisca sua pele para ensinar cães a resistir à tentação de atuarem como velhos inimigos dos felinos. Nas fotos, a labrador Yoko, que está sendo treinada para ser uma cadela-guia, consegue frear o instinto. O treinamento é necessário para garantir que Yoko não vai abandonar o seu dono, geralmente cego, quando um gato cruzar o seu caminho na rua.

A escola que deixa cães passivos diantes de bichanos funciona em Essex, na Inglaterra, e está preparando mais de mil animais para servirem de guia. O treinamento dura até 18 semanas.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Gato Caetano Brugger

Para quem ainda não viu o vídeo do meu gatinho Caetano Brugger.
São 5 anos e meio de alegrias em sua companhia.
O amor é mesmo imenso quando se trata de felinos.

video

Eu fui!

Crepúsculo:
Recomendo o livro e o filme.
Livro: interessante e sempre muito mais rico em detalhes.
Filme: lindo! Obedeceu ao exposto no livro.
Fotografia e trilha sonora perfeitas.
Valeu! Ótima pedida para as férias.

Além disso: ando curtindo e muito a companhia dos meus felinos Caetano e Beatriz.
Aliás, esta é a melhor parte de minhas férias.

Ah! Em contagem regressiva para o niver. Faltam dois dias para o upgrade.

Fui!